Tracking de Email
voltar

Depoimento Emocionante de Camilla Vilela

Depoimento Emocionante de Camilla Vilela

Começou da Maneira Mais Inusitada

Quando a Camilla me procurou no Messenger, foi da maneira mais inusitada. Contou-me que estava me procurando apenas porque foi obrigada pela mãe a falar comigo pelo menos uma vez, que não acreditava em coaching e que já estava cansada de tentar e falhar.

Conversa vai conversa vem, o resumo seria este:

  • Não queria suar
  • Não queria mais alimentar falsas esperanças de que iria emagrecer
  • Não queria mais se machucar emocionalmente com mais um processo de emagrecimento
  • Estava se convencendo de que era melhor aceitar o destino do sobrepeso​

A Pergunta que cutucou fundo

Após ler todas as suas objeções, descrenças, histórico e dores, falei:

- Realmente se você não acredita no processo de coaching, é melhor nem começarmos. Irei apenas deixar uma pergunta em aberto para você se decidir.

- Avalie a dor que você sente de conviver com este sobrepeso por todo o resto da vida. E avalie a dor de iniciar mais um processo de emagrecimento. Qual dor é menor? Escolha a dor menor.

Se você optar pelo processo de coaching, pode ter certeza de que agarrarei seu caso com o maior nível de comprometimento.​

Felizmente, a Camilla escolheu pelo Processo de Coaching, e hoje você pode conferir o resultado aqui abaixo.

Camilla Falando...

Começar o Coaching com o Rafael Berard mudou muito a minha vida, e a transformação foi por completo!

Na aparência física todos percebem, estou claramente mais magra e posso usar roupas que até um ano atrás não usaria. Blusas simples, como regatas não usava, pois meu braço ficava parecendo ainda mais gordo, blusas coladinhas também não por causa da barriga, e cropet (aquelas blusinhas menores que a barriga fica de fora), isso nem pensar! rsrs

Olhava as roupas do meu guarda roupa e via que a maioria não usava, vivia com as mesmas e ainda comprava mais com aquela esperança de um dia utilizar, quando realmente emagrecesse. Cansei de contar as vezes que via roupas lindas na vitrine das lojas, mas não comprava, porque meu corpo não estava como queria, ou de me comprar com outras mulheres que tinham o corpo, ou a barriga ou cabelo que eu queria ter. E isso era frequente.

Foram mais de dois anos sem ir à praia, evitando usar biquínis e fotos quando tirava geralmente não gostava e apagava, ou tirava só do rosto para não mostrar o braço e a barriga! Até as de rosto tinham uma posição certa, porque tinha um papo no pescoço que odiava.

Eu percebia que não estava feliz, e quanto mais triste ficava, mais comia e mais o sentimento de culpa, tristeza e de falhar novamente me dominavam.

Na verdade, a comida me controlava e as emoções que sentia eram os gatilhos (expressão que conheci com ele) que me faziam ir até a dispensa e comer todas as porcarias que tinha vontade naquele momento.

Deixei Claro Pro Rafael

Quando comecei o coach com o Rafael, deixei claro que seria minha última tentativa, porque me sentia exausta de tentar e falhar, de começar tudo de novo, de fazer dietas malucas e nunca conseguir o peso. Até remédio para emagrecer eu já tinha tomado.

A primeira coisa que aprendi que vou usar para sempre é:

 - Tire de sua cabeça que você não tem força de vontade!

Ele me mostrou que essa história de força de vontade é muita balela e que existiam muitos fatores que influenciavam para que eu comesse tanto, mas com certeza minha determinação de parar de comer não era o principal.

Aos poucos fomos quebrando barreiras e obstáculos da minha mente, que foram criados e eu nem perceba que tinha! A cada pilar trabalhado, eu me sentia mais forte e mais confiante.

Aquilo começou a me dominar e comecei a perceber que eu realmente podia e que finalmente conseguiria o que tanto queria! E mais força eu tinha, mais eu queria!

Precisava descobrir alguma coisa que me desse prazer, sem ser a comida, e lá fomos nós pensar e testar. Eu detestava suar! Tinha horror a qualquer exercício, era sedentária e não pensava em nada que poderia fazer.

Com a ajuda da minha família comecei a correr, pois eles corriam e me incentivaram muito. Já tinha tentado outras coisas, mas ou eu não gostava ou o orçamento não dava.

Quando vi já estava correndo 5 km e tomando aquilo como um dos maiores prazeres que descobri! O suor não incomoda mais, pois tenho prazer em correr.

Junto a isso, mudava minha alimentação aos poucos. Comecei cortando o famoso achocolatado da manhã, alguns doces, usando dicas que ele me dava e pensávamos juntos para que eu evitasse passar por lugares que tinham comidas tentadoras para mim.

Depois decidi cotar o refrigerante e tomei aquilo como uma decisão. Fui melhorando minha alimentação com frutas, cereais, sucos e com a ajuda dele com diversas receitas variadas ( de todos os tipos que você imaginar, o conhecimento dele em receitas e alimentação é incrível!), comecei a incrementar e substituir o doce.

Em todas as decisões ele dava dicas e me mostrava caminhos, mas quem escolhia era eu. Ele deixava claro que eu precisava me sentir confortável e me incentivava com jogos e desafios.

Eu estava mudando e estava conseguindo!

Olhando de lá para cá posso dizer que hoje em dia TUDO mudou! E para melhor.

No início do ano corri minha primeira corrida de 10 km e me preparo para a meia maratona. Emagreci muito como disse antes e todos percebem isso ao ponto de comentarem espantados!

Minha alimentação mudou, mesmo ainda não estando tão certa como eu quero, mas vou conseguir também! Hoje eu faço minha comida saudável com muitos legumes, verduras e como mais frutas. Bebo muita água e suco, e o refrigerante já vai fazer um ano e meio que parei de beber.

A Minha Mudança Interna

Mas a mudança externa é visível, a questão é a minha MUDANÇA INTERNA! Primeiro que estou feliz ( ainda não alcancei o peso que desejo, mas vou melhorando para chegar lá), estou muito mais confiante, em tudo na minha vida, trabalho, faculdade, amizade (porque ele também me ajudou a conseguir apoio dos meus amigos!).

Com relação ao doce que eu comia descontroladamente, eu como quando quero e se tiver com vontade mesmo. Eu finalmente controlei minha compulsão por açúcar! A prova disso é que sai do achocolato e hoje tomo café com leite sem açúcar e nem adoçante!

Simplesmente não sinto mais tanta falta e não deixo a ansiedade me dominar, aprendi com ele a controlar minhas emoções parando para me conhecer e fazer perguntar que podem evitar que eu me sabote!

A minha vaidade mudou também, SEMPRE RUI UNHAS, as vezes parava, ficava uns meses e voltava. Depois de mudar minha mente e tomar consciência de muitas coisas da minha vida parei de roer e estou há mais de um ano já com elas lindas e grandes!


Lembra das roupas que falei? Então... arrumei meu armário e coloquei muita coisa para dar, não porque não cabia, finalmente elas cabiam! Mas eu queria roupas novas e agora eu realmente podia! Vou à praia e uso meu biquíni, uso minhas blusinhas ( que virou até um jogo durante as seções rsrsrs), mudei meu guarda roupa e pasmem... uso cropts também! Rsrsr isso sim me deixa muito feliz!

Mas o que mais me deixa realizada hoje é entender e saber que meu corpo é meu lar, e preciso cuidar bem dele. Eu finalmente entendi que não é só uma questão de emagrecer, mas sim de saúde! De se sentir bem, ter disposição para atividades físicas, entender que a comida não é vilã e que traz benefícios maravilhosos para meu corpo e minha saúde. Aprendi a gostar de comer comidas saudáveis, a importância disso e como consequência meu corpo mudou. Hoje eu controlo a comida. Apendi a me amar!

Por tudo isso eu agradeço muito ao Rafael, pelo trabalho maravilhoso e paciente dele, ainda tenho muito o que percorrer mas eu sei que, não vou e sim, ESTOU conseguindo!

Quando comecei o coach com o Rafael, deixei claro que seria minha última tentativa, porque me sentia exausta de tentar e falhar, de começar tudo de novo, de fazer dietas malucas e nunca conseguir o peso. Até remédio para emagrecer eu já tinha tomado.

A primeira coisa que aprendi que vou usar para sempre é: Tire de sua cabeça que você não tem força de vontade!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Porque podemos engordar quando comemos muito açúcar
Post Anterior Porque podemos engordar quando comemos muito açúcar
deixe seu comentário

Por que podemos engordar quando comemos muito açúcar? No caso descrito acima, o corpo é…