Qual a diferença entre Coaching e Psicologia? - Rafael Berard -

Qual a diferença entre Coaching e Psicologia?

Coaching

Dificuldade de resistir à comida? Uma nova dieta revolucionária não é a solução. Teste Interativo no seu Messenger revela se você precisa tratar compulsão alimentar

QUAL A DIFERENÇA ENTRE COACHING E PSICOLOGIA?

Esta é uma dúvida comum entre pessoas do mundo todo. É normal para uma pessoa leiga não saber definir o que cada uma dessas áreas trata de fato.

Decidi fazer este post para explicar com detalhes a diferença entre Psicoterapia e o Coaching. Quem sabe não é após esta leitura que você ficará plenamente consciente de qual área é ideal para você nesse momento.

No final deste artigo contém um resumo bem objetivo da diferença entre coaching, terapia e psicoterapia.

Todo o ser humano tem suas necessidades e precisa de suporte, seja interno ou externo, para alcançar aquilo que é ideal para seu próprio desenvolvimento pessoal. Para cada fase da vida, há um processo que pode ser recomendado: Coaching, Terapia, Psicoterapia e Mentoria. No artigo de hoje vamos ver a diferença entre coaching e psicoterapia.

SE VOCÊ PRECISA DE AUXÍLIO PROFISSIONAL PARA ELIMINAR EMOÇÕES NEGATIVAS, BLOQUEIOS PESSOAIS E SE CAPACITAR PARA AVANÇAR NA VIDA,

EU POSSO TE AJUDAR.

Vencer bloqueios, superar crenças limitantes, eliminar traumas, equilibrar emoções, mobilizar forças, aumentar o foco nos estudos e no trabalho, desenvolver a resiliência…

O Coaching, a Terapia,  a Psicoterapia e a Mentoria são 4 metodologias eficazes para estes objetivos.

Mas cada uma age de uma forma, não devendo, portanto, serem confundidas. Este artigo é específico sobre Coaching e Psicoterapia. 

RESUMO

Nesta série de pequenos 4 artigos você encontra a informação de maneira mais objetiva. Recomendo a leitura:

Artigo 1 - Coaching

Artigo 2 - Terapia

Artigo 3 - Mentoria

Artigo 4 - Venda (acredite, tem vendedor se dizendo Coach) 

Qual a diferença entre Coaching e Psicologia?

A psicologia é uma ciência que ganhou projeção no final o século XIX, sendo considerada clínica pela primeira vez no início do século XX. O conceito foi sendo desenvolvido no decorrer dos próximos anos até os dias de hoje.

A palavra coaching provém da língua inglesa, sendo utilizada pela primeira vez na cidade de Kócs, na Hungria, para designar carruagem de quatro rodas (século XVI). Com o passar do tempo, surgiu uma metáfora com relação ao tema: o coach é o mesmo que cocheiro, o tutor, que leva a pessoa de um lado ao outro.

Psicologia ou Psicoterapia

A psicoterapia, é uma área da psicologia que ajuda o individuo a conhecer-se, resolver seus conflitos internos, analisar comportamentos e a transformar situações desconfortantes em crescimento e mudança. O grande diferencial é que a psicologia procura tratar o passado do indivíduo para melhorar o presente.

No consultório de psicologia, o profissional pode trabalhar não apenas com objetivos específicos, como a resolução de um problema, mas também com questões mais gerais ou existenciais como o sentido da vida e o significado profundo de relações interpessoais.

Na Psicoterapia também é possível investigar a fundo determinados problemas ou sintomas que acompanham a pessoas há muito tempo, possivelmente desde a infância ou adolescência.

Coaching

É o processo que propõe e acompanha as mudanças já tendo como foco um objetivo específico do coachee (cliente). 

O papel do Coach (profissional) é facilitar que o Coachee identifique seus valores, recursos que possui ao mesmo tempo em que se desenvolvem novas habilidades úteis para a meta em questão.

Proporciona ao cliente uma estrutura de questionamento e autodescoberta ao mesmo tempo. Em outras palavras, ajuda a pessoa a definir seus objetivos pessoais e profissionais com rapidez e a atingí-los.

Em suma…

A Psicologia procura tratar questões emocionais e de autoconhecimento. O Coaching foca na capacitação para concretizar metas pessoais.

A Psicologia se vale do entendimento da historia do individuo, centrada no passado, isto é, no que já aconteceu.  O Coaching tem o foco no futuro, na ação e na definição de metas e objetivos.

SE VOCÊ PRECISA DE AUXÍLIO PROFISSIONAL PARA ELIMINAR TRAUMAS, PASSAR POR CIMA DE BLOQUEIOS PESSOAIS E CONCRETIZAR SUAS METAS 

EU POSSO TE AJUDAR

Outra pergunta que frequentemente é feita:

Posso fazer terapia e coaching ao mesmo tempo?

Não existe um critério, um padrão, algo que diga exatamente se sim ou não. Depende da necessidade da pessoa. Conheço caso de pessoas que fizeram terapia simultaneamente ao coaching.

Quem determina isso são os profissionais envolvidos e, em alguns casos, a própria pessoa. Então, dependendo da situação, a pessoa poderá sim estar inserida nos dois processos.

O motivo de eu ter buscado me capacitar como Terapeuta além de Coach é justamente poder oferecer um processo completo. Terapia e Coaching são processos extremamente complementares.

Ao invés dos meus clientes precisarem contratar 2 ou 3 profissionais diferentes (terapeuta, psicoterapeuta, coach) , com apenas uma única contratação (eu) eles podem abarcar tudo.

Como assim tudo, Rafael?

Explico-me.

Já imaginou você precisar caminhar 10 km com uma mochila de 50 kg nas costas?

Seria pesado, certo?

Pois bem. O Coaching é esta parte de caminhar 10 km para chegar ao seu objetivo.

A Psicoterapia (exclusividade de psicólogo) ou as Terapias com as quais trabalho (Liberação Emocional e Biomagnetismo) são a parte de tirar esta mochila de 50 kg dos seus ombros.

As terapias com que trabalho facilitam o seu processo de coaching.

Como sou Coach de Vida, Analista Comportamental e Terapeuta de Liberação Emocional e de Biomagnetismo, costumo aplicar as 4 técnicas nos meus clientes.  Desta forma eles:

  • superam memórias nocivas e traumas vividos por meio da Liberação Emocional
  • tratam a saúde corporal e mental por meio do Biomagnetismo
  • otimizam seus comportamentos  por meio do Coaching e da Análise Comportamental

Diferencial do coaching

diferença-entre-coaching-e-psicologia2

Uma coisa também importante para destacar aqui, é que o Coaching propõe exercícios práticos, tarefas e prazos para que as metas sejam cumpridas. 

Um fato interessante é sobre o jogador de vôlei Bruno Zanutto. Em uma entrevista ele revela que era “obrigado” a ter um bom desempenho nos treinos. Do contrário, era penalizado no próprio salário.

Ele não ganharia bem porque simplesmente era bom. Era bom, e ganhava bem, porque treinava bastante. Vemos então que a performance não vinha de seu dom natural, de seu talento, mas de seu esforço.

Trazendo isso para vida, não podemos contar toda vez com nossas aptidões naturais. Os resultados podem não vir assim. Precisamos, na verdade, treinar. Suor, esforço, trabalho, trabalho e trabalho inteligente.

Entenda, não apenas o trabalho por si só, mas o trabalho inteligente, otimizado, aperfeiçoado, alinhado com suas expectativas.

Por que estou dizendo isso? Porque o Coaching, como ciência prática, permite que você se desenvolva através dos hábitos, praticando até que as coisas fiquem naturais.

“Eu não sei o que eu quero da vida”. Então você treina bastante o autoconhecimento até que  acaba descobrindo o que quer.

Esta é uma grande diferença entre Coaching e Psicologia…

SE VOCÊ PERCEBE QUE JÁ CHEGA DE TENTAR SOZINHO(A) E PRECISA DE AUXÍLIO PROFISSIONAL PARA AVANÇAR NA VIDA,

EU POSSO TE AJUDAR.

A disciplina a partir do processo de Coaching

No Coaching falamos bastante em disciplinas, ao ínvés de outras coisas como “dicas”, “estratégias”, “segredos” e outras coisas tratadas em questões motivacionais.

O que são disciplinas? Em palavras simples, atividades praticadas.

Processos que lhe permitem ir além, agindo para se superar em alguma coisa. Elas te levam aos objetivos…  Se tornam naturais como a respiração.

Gosto muito dessa frase: “After awhile they are just automatic. They feel like natural”. Em tradução adaptada: “Depois de algum tempo as disciplinas se tornam automáticas”.

No Coaching você trabalha várias virtudes, tarefas e otimiza seus recursos. Estes 3 itens mencionados alinhados ao seu objetivo pessoal proporcionam como consequência natural, a conquista da sua meta.

Então, o processo se assemelha ao que nosso amigo jogador de vôlei fazia: ele só obtinha resultados, no caso o salário, porque tinha boa performance. Mas para ter esta boa performance, precisava agir.

SE VOCÊ DESEJA AJUDA PROFISSIONAL PARA ELIMINAR CONFUSÃO MENTAL, RESOLVER EMOÇÕES ENGASGADAS E CONCRETIZAR METAS PESSOAIS,

EU POSSO TE AJUDAR.

Qual é o padrão de atendimento do Coaching e da Psicoterapia?

Muita gente pensa que existe uma receita de bolo, um template, um modelo pronto no processo de Coaching.

Bem, acredito que na Psicoterapia isso também seja posto em prática, então, considere o ponto a ser tratado, convergente entre as duas ciências. A verdade é que não há uma abordagem específica, um modelo de treinamento padrão.

O próprio cliente é quem determinará a abordagem que utilizarei. Quando alguém me contrata, seja para processo de coaching, seja para processo terapêutico, primeiro eu escuto muito o que a pessoa tem a me dizer e quais as expectativas.

Por isto não atendo todos os meus clientes igualmente. São indivíduos. As ferramentas de Coaching e Terapêuticas foram criadas para serem usadas de forma inteligente e livre, e não engessadas.  Não é apenas “faça isso e pronto”.

Trabalho 100% focado em atingir as espectativas de cada cliente. Por isto que após cada sessão, eu peço uma nota de 1 a 10 para o atendimento fornecido.

Geralmente recebo notas de 9 a 11 :). 

Mais diferenças entre Coaching e Psicoterapia

Outro ponto de divergência entre Coaching e a Psicoterapia é o aconselhamento. Algumas linhas de terapia e psicoterapia também utilizam esse recurso para que se chegue ao objetivo. 

No processo de coaching, o Coach evita aconselhar diretamente seu cliente e interpretar da sua fala. Na verdade, o Coach faz perguntas poderosas para que o Coachee encontre suas próprias respostas. É um processo de condução, de ajuda, de auxílio e de treino.

No entanto, em outras situações, será necessário sim, fornecer alguma espécie de conselho para mostrar ao cliente que ele é capaz de vencer determinada situação. O conselho de um coach pode servir para mostrar ao coachee uma ferramenta que ele desconhece.

Resumindo a Diferença de Coaching, Psicoterapia e Terapia

O Coaching, a psicoterapia e a terapia podem se complementar para o bem estar do cliente, seja quando um problema psicológico for detectado no processo de coaching e encaminhado ao psicoterapeuta para que seja resolvido, ou quando o processo seja indicado para ajudar de forma complementar um tratamento psicoterápico dentro do planejamento.

Seria válido dizer que a psicoterapia é para questões mentais e emocionais.

As terapias com as quais trabalho voltam-se para restabelecimento da saúde corporal, emocional, comportamental e mental.

O Coaching dedica-se ao autoconhecimento e plano de ação personalizado para concretizar uma meta pessoal específica. Um coach também lida com comportamentos, conquanto de forma orientada para a meta pessoal do coachee (cliente).

Então, para fecharmos de forma resumida, podemos considerar o seguinte quadro:

Coaching

terapia

psicoterapia

T​EMPO

PRESENTE E FUTURO

PRESENTE E PASSADO

PRESENTE E PASSADO

FOCO

CONQUISTAR UM OBJETIVO ESPECÍFICO

SAÚDE MENTAL, EMOCIONAL, CORPORAL e COMPORTAMENTAL

SAÚDE MENTAL e EMOCIONAL

DURAÇÃO

GERALMENTE, ATÉ 13 SESSÕES

DEPENDE DA TÉCNICA E DO PROBLEMA.

DEPENDE DA TÉCNICA E DO PROBLEMA.

PROFISSIONAL

COACH

TERAPEUTA

PSICÓLOGO

RESUMO

Nesta série de pequenos 4 artigos você encontra a informação de maneira mais objetiva. Recomendo a leitura:

Artigo 1 - Coaching

Artigo 2 - Terapia

Artigo 3 - Mentoria

Artigo 4 - Venda (acredite, tem vendedor se dizendo Coach) 

SE VOCÊ DESEJA AJUDA PROFISSIONAL PARA TRATAR DE SUA SAÚDE FÍSICA, EMOCIONAL E MENTAL, ALÉM DE SE CAPACITAR PARA CONQUISTAR MAIS EM SUA VIDA,

EU POSSO TE AJUDAR

Dificuldade de resistir à comida? Uma nova dieta revolucionária não é a solução. Teste Interativo no seu Messenger revela se você precisa tratar compulsão alimentar

Follow

About the Author

Muitas pessoas hoje sentem-se paralisadas em alguma área da vida, incapazes de conquistar seus objetivos e sonhos. Em muitos casos, isso acontece por bloqueios emocionais, traumas e vícios. Segundo estatísticas, transtornos emocionais incapacitam mais pessoas de avançarem nas suas vidas do que doenças do dia-a-dia, como problemas no coração e câncer. Bloqueios e transtornos de ordem emocional geram também doenças no corpo. Hoje, já está comprovado que em torno de 40% das doenças de pele tem origem em feridas emocionais não-tratadas. O que muitos não sabem é como resolver a situação. Tentam conquistar seus sonhos mas não sabem como tratar as feridas emocionais sem se machucar novamente. Meu nome é Rafael Berard e ajudo pessoas a eliminarem bloqueios e traumas, sem que tenham que se expor nem reviver as dores do passado (no conforto da sua casa).

(15) comments

Add Your Reply